top of page
  • Foto do escritorJuliana Bertoncel

Como lidar com a sensação de culpa?

Atualizado: 29 de nov. de 2022

Você já percebeu que quando você sente culpa você procrastina?

E que quando você procrastina você sente culpa?

E que então você entra num ciclo vicioso e acaba ficando passiva à própria vida?


Bert Hellinger já dizia: “Sentimento de culpa é substituto da ação. Quem sente culpa não faz nada. Permanece passivo”.

E o que faz você ter energia de ação, de foco, de começos, de "plantar as sementes"? É a energia do masculino que vive dentro de você e que você recebeu através do seu pai.


Talvez você não saiba, mas quem tem ressalvas sobre o próprio pai acaba também excluindo dentro de si essa energia. Ao fazer isso, passa a sentir um certo vazio interno, confusão mental, lhe falta forças para encarar desafios, lhe falta coragem, se sente insegura sobre si mesma e com medo de ir pro mundo nas próprias pernas -> tem tendência a ser dependente emocional.



Também tende a procrastinar seus sonhos, metas e conversas desafiadoras, assim como tem dificuldade em respeitar limites e em comunicá-los.


Conta pra mim, você já se sentiu assim?

E quando você percebe que tem algo dentro de você que falta, e não sabe como resolver como você se sente sobre si mesma?


Arrisco a dizer que você se sente culpada por ser como você consegue ser, e o ciclo se reinicia.


Eu sei que você não sabe sozinha tomar a energia do masculino do seu pai sem ressalvas e é por isso que preparei algo especial pra você -> Seja bem-vinda a sua versão Mulher Soberana, regada de amor de dentro para fora: https://amordedentroparafora.com/mulher-soberana/


PS: Se harmonizar internamente com a energia do masculino que você recebeu de papai através da sua concepção, não tem relação com conviver com ele. Não pense que por talvez seu pai ter sido ausente, você ser adotada, ele ser agressivo ou apresentar algum vício que dificulte a proximidade que não há um caminho de solução pra você.


Juliana Bertelli Bertoncel

Terapeuta Sistêmica e Vibracional


Comments


©© Copyright
bottom of page