top of page
  • Foto do escritorJuliana Bertoncel

"Você não está sozinho nesta dor!"

Tendemos a repetir em nossas vidas as mesmas atitudes que julgamos e condenamos nos nossos pais.


Por amor cego e lealdade à nossa família, somos fiéis às suas dores, como se internamente dissesse: "você não está sozinho(a) nesta dor. Eu a sinto junto com você. Veja, reproduzi um destino parecido em minha vida".


Você pode por exemplo estar reproduzindo o mesmo fracasso financeiro dos seus pais, vivendo relacionamentos amorosos conturbados ou tendo uma doença que lhe impede de seguir seus sonhos e aproveitar a vida, assim como algum ancestral da sua família...


Pra sair deste destino que você assumiu como seu (mas que não é seu!), é preciso que você internamente pare de tentar salvar seus pais/ancestrais dos destinos deles, saia da arrogância de achar que sabe o que seria melhor para eles, e passe a honrar a a respeitar a escolha de cada um.


Você consegue dizer para cada padrão repetitivo/desafio que acontece na sua vida:


"Eu agradeço pelo que você veio me ensinar sobre eu mesma, sobre minha arrogância!"?


Você não tem o poder de mudar seus pais ou a vida deles, mas você pode dedicar seu tempo e energia a cuidar muito bem da vida que foi concedida à você, seguindo SOMENTE o seu próprio destino.


Me conta, você sente que assumiu pra você destinos que não são seus?


Juliana Bertoncel

Terapeuta Sistêmica e Vibracional


Para saber mais sobre Constelação Sistêmica, acesse: https://www.terapiaemusica.com.br/constelacaosistemica


32 visualizações0 comentário

Комментарии


©© Copyright
bottom of page