top of page
  • Foto do escritorJuliana Bertoncel

Será que eu sou dependente emocional?

Quando a sua felicidade começa a depender de qualquer outra pessoa, realização ou resultado – ou uma combinação destes – é possível que você seja emocionalmente dependente.


Mulheres adultas que se sentem assim carregam a ferida da humilhação e do medo do desconhecido. Muito provavelmente foram filhas que vivenciaram situações na infância com muitas brigas e conflitos.


Talvez essas filhas tiveram pais que discutiam por tudo, que perdiam o controle por qualquer coisa e onde sempre eles tinham que vencer. O clima em casa era sempre denso e tenso.


Mesmo quando tudo estava bem, parecia que este pai poderia explodir a qualquer momento por qualquer motivo imprevisível.


A única forma de tentar acalmar papai e recuperar minimamente a paz dentro de casa era tentando mediar o conflito e SILENCIANDO as próprias necessidades.


Este padrão é levado pra vida adulta: ao mesmo tempo que atrai e se envolve em problemas que não são seus (para não ter que olhar pras próprias necessidades), se sente sempre na corda bamba com muito medo de perder o controle sobre tudo e todos, pois ainda depende dos resultados e afetos pra se sentir bem consigo mesma.


Se você se sente assim, saiba que é possível você viver uma vida sem sentir que está à um fio de perder o equilíbrio.


Venha aprender a como conduzir sua vida com leveza sendo a Mulher Soberana da sua vida: https://amordedentroparafora.com/mulher-soberana/


Juliana Bertoncel

Terapeuta Sistêmica e Vibracional



11 visualizações0 comentário

תגובות


©© Copyright
bottom of page