top of page
  • Foto do escritorJuliana Bertoncel

Meu pai é meu herói -> saiba que pensar isso pode destruir seu casamento!


Há uma hierarquia que deve ser respeitada para que o amadurecimento possa se expressar e para que as relações fluam de forma harmônica.


O pai tem precedência na vida da filha, mas o marido deve ter a prioridade. Deve ser ao marido que a esposa recorre e confia para compartilhar os desafios.


A filha que corre de volta aos braços do seu pai (e muitas vezes ainda reclama do seu marido) ainda é uma "filhinha do papai".


É uma mulher que internamente ainda se enxerga como pequena, que ainda não confia em si mesma para conduzir a sua vida.


Muitas vezes, o pai querendo continuar a ser o herói pra filha adulta, continua a superprotegê-la. Mesmo a intenção sendo boa, este comportamento ao invés de contribuir para o crescimento da sua filha, tira-lhe a força. É uma forma de dizer que não confia na capacidade de sua filha para desenvolver os próprios recursos internos para lidar com as frustrações, alegrias e responsabilidades por suas decisões.


Bert Hellinger já dizia: "Proteger um filho adulto é o mesmo que destruí-lo. Quando os pais resolvem a vida dos seus filhos não os estão ajudando. Na realidade, estão tornando-os incapazes".


Pais que respeitam o destino de seus filhos, suportam e respeitam suas individualidades demonstram um imenso amor saudável e na ordem.


Me conta, você como filha adulta, sente que seus pais confiam que você sabe o que é melhor pra você?


Para toda filha que ainda se observa mais conectada ao seu pai que ao seu marido, venha fazer o Mulher Soberana: https://amordedentroparafora.com/mulher-soberana/


Juliana Bertelli Bertoncel

Terapeuta Sistêmica e Vibracional


Formação em Constelação Sistêmica - Turma 9 -> inscrições abertas.

Constelação Individual Online -> agende pelo WhatsApp (11) 9.9217.1846

3 visualizações0 comentário
©© Copyright
bottom of page