top of page
  • Foto do escritorJuliana Bertoncel

Como resolver de vez as dívidas financeiras?

Tem momentos que emergências acontecem e momentaneamente você se vê com uma dívida para quitar. Quando isso acontece, a pessoa comprometida consigo mesma, irá rever seu orçamento mensal, fazer alguns cortes, talvez conseguir uma renda extra até conseguir pagar completamente o que está devendo.

Mas existem pessoas que parecem que vivem numa bola de neve de dívidas. E mesmo com as dívidas se acumulando, continuam consumindo, mantendo o padrão de vida e tendo dificuldade em realizar cortes.


Costumam usar frases "trabalhei tanto, mereço uma blusa nova". "O ano foi tão difícil, mereço uma viagem de final de ano", - mesmo sem ter condições de arcar com estes gastos sem contrair novas dívidas. Você conhece alguém assim?


Observe que estas mulheres estão dizendo pra si mesmas: "sinto que mereço viver me sentindo em dívida com a vida! Sinto que mereço me sentir sobrecarregada emocionalmente, impotente e culpada".


Essas mulheres sabem que deviam fazer diferente mas ainda não conseguem mudar. Tem vergonha de expor a situação para seu círculo íntimo e com isso a sensação de solidão e VAZIO interno só aumenta!


Viver endividada é um reflexo externo do que se passa dentro de você.

Quem acumula dívidas ainda não consegue sentir VALOR PRÓPRIO.

Sua sensação de MERECIMENTO está descalibrada.


Tudo o que essa pessoa compra é pra sentir que VALE algo e também para tentar preencher a falta que a alma sente -> este vazio que vive dentro dela.


Para ajudar essas mulheres a desbloquearem sua prosperidade financeira, gravei uma aula secreta onde explico o ponto de origem dessa sensação de desvalor e sensação de não merecimento e, principalmente, como fazer um caminho de solução definitivo.


Essa aula é: gratuita, online e secreta.

Só quem tem este link consegue assistir: https://amordedentroparafora.com/aula-secreta/


Aproveite!


Juliana Bertoncel

Terapeuta Sistêmica e Vibracional




4 visualizações0 comentário
©© Copyright
bottom of page