Search
  • Juliana Bertoncel

A vaidade e o orgulho são coisas diferentes...

Orgulho e preconceito de Jane Austen, nos faz refletir sobre como a vaidade, o orgulho e o preconceito podem te afastar da PESSOA que futuramente poderia se tornar seu marido/sua esposa.


A vaidade e o orgulho são coisas diferentes, embora as palavras sejam frequentemente usadas como sinônimos. Uma pessoa pode ser orgulhosa sem ser vaidosa. O orgulho se relaciona mais com a opinião que temos de nós mesmos, e a vaidade, com o que desejaríamos que os outros pensassem de nós.


Vale refletir o quanto somos muito imaturos, pequenos diante da vida, cheios de particularidades difíceis de suportar e o quanto nosso tempo é finito.


Vale refletir também o quanto é fácil perder isso de vista e se deixar levar pela vaidade/arrogância do “não preciso de ninguém!” e/ou “se não recebo o que eu quero melhor terminar a relação”....


Solteiros ou numa relação, a cada novo dia é possível se vestir de um sorriso no rosto, um olhar atento para fora (para o outro), uma palavra calma e um ouvido presente. É possível se abrir para o amor e construir um novo e melhor futuro!


Fecho esse texto com uma frase do filme que gosto muito e que é necessário vulnerabilidade e humildade para dizê-la: “Em vão tenho lutado comigo mesmo; nada consegui. Meus sentimentos não podem ser reprimidos e preciso que me permita dizer-lhe que eu a admiro e amo ardentemente!”


Beijos de luz,

Juliana Bertoncel



11 views0 comments
©© Copyright